AMOR PELA ETERNIDADE (UMA HISTÓRIA REAL) – Parte 1

Eu conheci meu primeiro namorado, o Murilo, no centro espírita da dona Zibia Gasparetto, em São Paulo. Era 1982 e nós éramos adolescentes.
Vivemos momentos maravilhosos, tínhamos um amor e um cuidado muito grande um pelo outro.
Namoramos por cerca de 3 anos.
Quando terminamos o namoro, ele conheceu outra moça, que logo engravidou.
Em janeiro de 1985, ele desencarnou num acidente de carro.
Foi um grande choque para todos, eu sofri demais.
A moça levou a gravidez adiante e seu bebê nasceu 7 meses depois de sua morte.
A mãe dele, minha ex sogra, pediu-me para levá-la para conhecer a neta que acabara de nascer… E, apesar da minha dor, eu atendi o seu pedido.
A partir de agosto de 1985, o Murilo começou a se comunicar através de mensagens psicografadas, no centro da dona Zibia Gasparetto.
Em suas mensagens ele agradecia o amor e a confiança que todos depositavam nele e em seu caráter.
Ele sentia muito por não ter tido sua filha nos braços e, em várias oportunidades, expressou seu amor por mim e explicou que já tínhamos vivido um amor em vidas passadas.
Eu guardei várias das mensagens enviadas por ele, juntamente com suas fotos e cartões de aniversário que ele havia me dado durante o nosso namoro.
Mas minha vida continuou, os anos se passaram e no final de 2013, comecei a desenvolver um tipo de mediunidade e receber mensagens através de um pêndulo e de um gráfico alfabético.
Para minha surpresa, o Murilo se manifestou, falando da alegria e da emoção de poder se comunicar comigo.
Nesse dia, peguei a pasta onde eu guardava suas mensagens psicografadas e fotos e reli cada uma, chorei de saudade e de emoção.
Dias depois, ele voltou a se comunicar e me pediu que eu encontrasse sua filha e lhe entregasse as mensagens psicografadas.
Eu não tinha a menor ideia de onde encontrar a filha dele, que eu vi somente quando nasceu e hoje está com 29 anos.
Graças à internet, fui fazendo algumas buscas e fiz contato com o irmão dele, de quem eu não tinha notícias há muitos anos.
Foi uma grande emoção nos falarmos. Sempre fui considerada a cunhada “oficial” e guardávamos muitas lembranças e saudades.
Através dele, consegui localizar a filha do Murilo, que mora na Alemanha atualmente. Consegui seu e-mail e enviei-lhe uma mensagem dizendo que tinha sido amiga de seu pai e que guardava algumas mensagens dele para ela.
Tão logo a moça recebeu meu email, me telefonou.
Com muito jeito e com receio de assustá-la, afinal não sabia se ela acreditava em vida após a morte, falei sobre as mensagens. Eu senti a presença dele naquele momento e a emoção tomou conta de nós. Ela me contou que, apesar de nunca ter conhecido o pai, sentia a presença dele em sua vida e atribuía toda a sorte que tem, a ele.

Ela me contou ainda que a cerca de quinze dias atrás ela havia pensado em desistir do emprego na Alemanha, voltar para o Brasil, pois se sentia muito só. Naquele momento,  ela rogou que se o pai a estivesse ouvindo, que enviasse algum sinal.  Pois ela sabia que ele não a desamparava. 

Foi então que recebi a primeira mensagem dele e depois a segunda, pedindo que a procurasse. 

Foi muito gratificante ter podido fazer essa ponte e dar esse presente a ela.
Enviei todas as mensagens que eu guardei por tantos anos e também as fotos. Contei-lhe sobre ele, sobre seu caráter e sua honradez e tenho certeza que hoje ela o conhece e o ama ainda mais.
Sei que tenho um amigo espiritual de muita luz que olha por mim, entende minhas aflições e me ama pela eternidade.
Há uma semana meu pai desencarnou, pensei que o dia que isso acontecesse eu fosse morrer junto, mas senti uma serenidade, uma aceitação que só posso atribuir ao amparo espiritual que recebo do Murilo e de outros amigos espirituais.
Sou grata, imensamente grata por essa benção.
Rogo a Deus que continue iluminando e amparando a todos.
Rossana Bentivoglio
04/05/2014

Um comentário em “AMOR PELA ETERNIDADE (UMA HISTÓRIA REAL) – Parte 1”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s