Pérola

pérola
Pérola

Pérola

“A pérola é a mais importante e a mais usada das gemas orgânicas. É produzida por moluscos marinhos ou de água doce e constituída principalmente (92%) de aragonita, uma forma de carbonato de cálcio. Contém também conchiolina (6%) e água (2%). Esses constituintes depositam-se em camadas em torno de um núcleo, e é a camada de aragonita que dá à pérola brilho e iridescência.

São geralmente brancas e esféricas, mas podem ter formato irregular (pérola-barroca) e cor cinza-alaranjada, preta, avermelhada, prateada, amarelada, azulada ou esverdeada.

O brilho é tipicamente nacarado, podendo ter reflexos metálicos se for pérola de água doce. São fáceis de riscar (baixa dureza), mas muito resistentes a fraturas. O corpo estranho que desencadeia o processo de formação da pérola raramente é um grão de areia, ao contrário do que muitos pensam. Geralmente, é um verme que perfura a concha e atinge o corpo do molusco.

Cerca de 70% das pérolas são usadas em colares, mas as pérolas azuis nunca são perfuradas, pois isso altera sua cor. A principal imitação de péroilas é obtida com contas de vidro. Às vezes, usa-se coral rosado do Mediterrâneo. Pérolas falsas são fabricadas desde 1680. Entre as imitações mais conhecidas, encontram-se as chamadas pérola-girassolpérola-indestrutível pérola-romana.

Ela é usada sempre no seu estado natural, sem passar por lapidação. A maior produção e a melhor qualidade encontram-se no Golfo Pérsico. Outros produtores são Sri Lanka, Austrália, Filipinas, Venezuela, Golfo do México, ilhas do Pacífico, Europa e China. O Japão lidera a produção de pérolas cultivadas, junto com a China; esses dois países respondem por 96% da produção mundial. No Brasil, não há produção de pérolas, mas elas parecem ocorrer na porção sul da Ilha de Marajó, no Pará.

As pérolas têm valor inferior ao das pedras preciosas. Quanto mais esférica, mais valiosa ela é e seu valor cresce na razão do quadrado do seu peso. Não existe pérola sintética. Apesar de provocada artificialmente, a pérola cultivada forma-se por um processo natural e o produto resultante não é sintético, muito menos artificial. Hoje praticamente não existe pérola natural no comércio, apenas pérolas cultivadas.

Uma pérola pode perder o brilho e sofrer escamação pelo contato excessivo com suor, laquê ou cosméticos.”

Fonte: http://www.cprm.gov.br

Autor: Pércio de Moraes Branco

Através da Radiestesia eu faço uma avaliação do cliente e indico as essências necessárias para o seu equilíbrio emocional, energético, mental e físico.

Para informações e agendamento, envie uma mensagem por Whatsapp para (16) 99102-9302 ou por email:  rossana.terapeuta@gmail.com

Atendimentos presenciais e à distância.